Conversadeira

200 perguntas práticas
para unir sua família

Um jogo de conversas para descobrir coisas novas sobre as pessoas que convivem com você e também desconhecidos!

family 1

Não é uma delícia quando família ou amigos estão conversando e vem aquela sensação de que o tempo parou, de que estamos mesmo conectados e nos divertindo com a história um do outro?

Essa foi nossa ideia quando criamos a Conversadeira, um jogo de conversas para descobrir coisas novas sobre as pessoas que convivem com você e também desconhecidos! 

conv elas

O conteúdo do jogo foi criado pela Carolina Nalon,
e o design pela Silvia Strass – e tudo é feito amorosamente a mão

swirl
conv

Para ajudar você a ter melhores conversas vamos deixar disponíveis GRATUITAMENTE 60 das 200 perguntas da Conversadeira.

Abra espaço para boas conversas acontecerem!
Vamos juntas? Vem aqui.

Ao jogar talvez você não perceba mas as perguntas da Conversadeira estão divididas em 4 grandes áreas, são elas:

world

Conexão de mundo

Confesso que essas são as minhas perguntas favoritas. Elas foram pensadas para que as pessoas envolvidas na conversa possam discutir temas que nos levem a construir um sentimento de empatia e compaixão pelos outros. Exemplos de perguntas dessa área são “Se você fosse um professor e seus alunos não te escutassem, o que você faria?”, ” Como o mundo seria diferente se os animais pudessem falar?”

ic4

Divertidas

Porque tem dias que só queremos dar boas risadas. Um exemplo de pergunta dessas é: ” se você pudesse nascer falando, o que teria tido no momento que nasceu?”

ame1

Conexão Familiar

Perguntas que vão relembrar histórias que sem a conversadeira você talvez nem lembraria de contar para as pessoas que você ama. Um exemplo de pergunta dessa área é: “Se você pudesse voltar no tempo para um momento especial de família, quando seria?”

ame2

Inteligência Emocional

Para que você converse com sua família e amigos sobre como vocês lidam e desenvolvem aspectos emocionais da vida, e troquem dicas e práticas. Eu acho super interessante conversar sobre isso com as crianças. Um exemplo de pergunta dessa área é “Quais são suas preocupações? Como você lida com elas?” você pode se surpreender ao descobrir que seu filho ou filha de 5 anos já tem coisas com o que se preocupar!